NOTÍCIAS
Abranet 25 anos: A história da internet brasileira contada por seus protagonistas
- 15/09/2021

A Associação Brasileira de Internet (Abranet) completa 25 anos de existência no dia 7 de novembro. Para comemorar a data, a entidade lançou um hot site (https://www.abranet.org.br/25anos) onde estão sendo postadas diariamente entrevistas com os principais atores que acompanharam a história da entidade e da internet brasileira. Demi Getschko, Julio Semeghini, Silvio Meira, Caio Túlio Costa, Rui Campos, Antonio Tavares, Vanda Scartezini e Gil Torquato são alguns dos entrevistados da série, que já conta com 28 depoimentos.

"As entrevistas trazem relatos importantes sobre a história da entidade e o processo de evolução da internet brasileira, além de reflexões sobre os principais desafios do futuro", destaca o presidente da Abranet, Eduardo Neger. Uma delas, de Silvio Meira, que atuava na pasta da Ciência e Tecnologia quando a internet comercial era embrionária, conta os bastidores do programa estratégico que alavancou a infraestrutura da rede, a formação do Comitê Gestor de Internet e a importância da Abranet para formatar a internet como um negócio viável às empresas - papel que continua exercendo até hoje.

Foco no ecossistema

Se de início a Abranet representava apenas os provedores de acesso e conteúdo, com a evolução da cadeia de negócios passou a abranger também empresas de data centers e marketplace, fornecedores de aplicativos e paytechs. "O diferencial da associação é justamente atuar no ecossistema, o que traz uma visão abrangente dos obstáculos a serem superados e das tendências de mercado", destaca Neger. "Isso nos possibilita ter uma atuação mais assertiva junto ao governo, legislativo, judiciário, além de estabelecer parcerias profícuas com os players do mercado."

Para o presidente da Abranet, a força da entidade vem desse conjunto heterogêneo de associados. Ele exemplifica a importância desse ecossistema com o e-commerce. "O e-commerce sozinho não teria deslanchado sem as empresas de meio de pagamento, que deram confiabilidade às transações. Hoje, as paytechs cresceram tanto que já rivalizam com os grandes bancos."

Segundo Neger, a internet em sua essência é disruptiva, vira de ponta-cabeça modelos de negócios tradicionais em uma velocidade muito grande, e isso incomoda porque tira intermediários do jogo de vários negócios. "Há naturalmente forças contrárias que tentam reduzir a velocidade dessa mudança. Nosso principal papel, como entidade, é dar suporte às empresas desse ecossistema, ajudando tecnicamente em questões legislativas para fazer frente às barreiras que surgem."

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:
30/11/2021
11/11/2021
08/11/2021
15/09/2021
31/08/2021
09/08/2021
01/07/2021
15/06/2021
11/06/2021
16/12/2020


Copyright © 2014-2021         Abranet - Associação Brasileira de Internet         Produzido e gerenciado por Editora Convergência Digital